sexta-feira, 15 de abril de 2016

A louca de Maigret – Georges Simenon

Editora: L&PM
ISBN: 978-85-254-1906-4
Tradução: Paulo Neves
Opinião: ***
Páginas: 160 

     “– Corro certamente um perigo, mas você vai pensar que digo disparates. Os jovens tendem a achar que as pessoas velhas são caducas.”


     “– Suportamos o vinho e o álcool durante anos, depois chega uma idade em que o organismo não os tolera mais.”


     “– Esta manhã, na sua casa, encontramos vestígios dessa arma que ficou escondida por certo tempo em cima do seu guarda-roupa.
     – Quem afirma isso é o senhor.
     – Os peritos comprovarão. Ou foi a senhorita que pôs a arma ali, ou foi seu amante.
     – Não gosto dessa palavra.
     – Ela a incomoda?
     – É inexata, pois não havia amor entre nós.”

Nenhum comentário: